BRINCANDO NO PAINT


Em 2013 conheci Alice,  minha amiga imaginária. Ela tem uma gatinha que se chama Nina, e juntas começamos no mesmo ano a fazer desenhos no paint.
Aqui está o resultado das nossas viagens, voilà!


boneca de pano

fumou  erva e foi à feira

plano A e plano B

sem nome

Frida calada




menininho sonhando

menininho sob hipnose

marionete rainha

Nina, a gatinha de Alice, saúda o sol

espaço e segredos

Alice caprichou nessa arte

em breve, mais desenhos da série: brincando no paint
Sandra May












Comentários

  1. Que interessante, querida MAY!
    Grata por suas palavras em meu blogue.
    Te desejo um novo ano mto feliz, em paz e com mto amor.
    Beijos e um enorme abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Céu!
      Também desejo a você um ano muitp feliz e pleno de realizações. Amor não pode faltar, e viver em paz é bom!
      Quando vai sair nova postagem?
      Beijos!

      Excluir
  2. Que legal Sandra, há sempre uma maneira de expressar a arte.
    Prossiga amiga e nos ofereça sempre suas criatividades.
    Grato pela companhia e Feliz Novo ano de verdade.
    Carinhoso abraço de paz e luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Toninho, pela visita e pelo incentivo. Qualquer dia posto mais das figurinhas.
      Um abração, meu amigo, e prossiga também nos seus poemas, que são excelentes.
      Outro abraço carinhoso, de luz , e, que continuemos nossa trajetória pela vida com amizade, alegrias e saúde. Tim tim!

      Excluir
  3. Como é bom brincar e descobrir artes ,criar! Gostei de ver! FELIZ 2019! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca pensei que com o Paint você pudesse obter resultados tão bons. Meus parabéns, ... também para Alice!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Norte!
      Alice ficou muito feliz porque você lembrou dela, agradece.
      Um abraço!

      Excluir
  5. As artes ficaram ótimas, coloridas, lúdicas para quem observa, adorei!
    Já tive vontade de usar o paint, mas minha coordenação motora é péssima para os traços livres. O filho desenha, mas com certeza não foi de mim que herdou o dom hehehe.
    Não deixe de se expressar seja com desenhos, fotografias, textos, poesias...nos encanta!!
    Abração, Sandra!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é uma pessoa muito gentil e verdadeira, Dalva! Acredito piamente nas suas palavras, obrigada.
      Quanto ao paint, tem o recurso desenho a mão livre que até gosto de usar para essas figurinhas "infantilizadas"...consigo o efeito porque não dominando o traço fico livre e como pode ver, saem coisas tortas e esquisitas.
      Também tem o recurso das elipses, circunferências, estrelas, triângulos e por aí vai... esse também é interessante e divertido.
      Diz pro seu filhote pra não parar. Desenhar pode ser um remédio eficaz. E tem mais, desenhar não é bicho de sete cabeças e nem capacidade elevada, todos podemos aprender a desenhar.
      Já ouviu falar em desenhando com o lado esquerdo do cérebro? Pesquisa no google, você vai ficar encantada com a técnica.
      Abraços, Dalva!

      Excluir
    2. Você tem razão, ninguém nasce sabendo, a disciplina e persistência nos leva ao aprendizado, em tudo na vida, nunca me dediquei, ao contrário do filho que desde criança gosta de desenhar e desenha de fato. Ele desenhava uma fileira enorme de animais fugindo de incêndio na floresta (animais do bosque dos vinténs) usava um monte de sulfites em carreirinha...hahaha...que fofo (mãe não esquece e guarda).
      Sandra, é esquerdo mesmo ou direito? Nos primeiros resultados aparecem direito e nenhum esquerdo. Depois que confirmar eu vou pesquisar, obrigada pela dica.
      Abração!

      Excluir
    3. Oi, Dalva!
      Ser mãe de menino deve ser uma ótima experiência, fico babando ao ler as coisas que você fala sobre o seu menino. Não que eu não esteja satisfeita por ser mãe de meninas, e avó de menina também... mas é outra história... minha filha tem um enteado e eu sou fã e admiradora dele. Tem uma vibração diferente das meninas, apesar de ser bem educado e sensível.
      Quanto ao livro é, " Desenhando com o lado direito do cérebro" a autora é Louise Edward ou coisa parecida. O lado esquerdo do cérebro não é capaz de desenhar, ele tem outras funções. Vale a pena conhecer, parece que tem para baixar.
      Um abraço, Dalva!

      Excluir
    4. Sandra, sempre sonhei que teria um menino, tinha até a carinha dele. Saí da maternidade com o filho enrolado em manta rosa, foi surpresa, interpretaram o ultra como menina rsrs No final tanto faz e acabamos tendo a experiência que vier e pode ser até colorido.
      De meninas ou meninos, ser mãe não é tarefa fácil, mas é uma experiência única, a gente mais aprende do que ensina, vemos o mundo de um outro modo...menos egoísta, mais sensível. Acabei optando por não tentar outro bebê, mas se pudesse gostaria de ter tido a experiência de conviver/aprender com filhas.
      Vou pesquisar o livro, sim! Bj

      Excluir
  6. gostei muito, especialmente de "fumou erva e foi à feira", "Nina saúda o sol" e das "Fridas caladas", aliás, bom título para desenhos de Fridas que não têm boca. Sofridas caladas. abraço, Sandra.

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde de Alegria de novo ano, querida amiga May!
    Eu brinquei pouco com o paint, só o suficiente para concluir o curso mesmo.
    Gosto da leveza que passa, amiga.
    Gostei do menininho sonhando... bonitinho!
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm fraterno e carinhoso de paz e bem
    🌻🌼🌷🌹🌺

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

DITADURA NUNCA MAIS